03 erros básicos de controle de fluxo de caixa que sua empresa não pode cometer

1 – Contar com dinheiro que ainda não entrou

Dinheiro vai entrar, mas ainda não está disponível!
Essa é uma situação muito comum nas empresas. Muitos empresários possuem o péssimo hábito de: contar com dinheiro que ainda não entrou em caixa (ou nas contas bancárias da empresa).

Podemos citar como exemplo uma venda realizada de forma parcelada em 05 parcelas, com a primeira parcela a ser paga com 30 dias. e muitos empreendedores realizam gastos antes mesmo do dinheiro estar disponível em suas contas, sem observar que podem correr riscos de não realização deste crédito na data prevista, ou mesmo ocorrer algum pedido de cancelamento da venda por parte do cliente, ou outros problemas comuns de ocorrer.

O ideal é aguardar os créditos dos recebimentos serem concretamente efetuados antes de realizar qualquer tipo de desembolso (investimento ou gasto), para evitar que o caixa fique negativo.

2 – As Contas bancárias da empresa não são contas bancárias pessoais dos sócios

Vamos novamente ressaltar este problema. Diversos erros cometidos no dia a dia do na tentativa de controle financeiro das empresas, envolvem a confusão na administração das contas bancárias da empresa, principalmente por empreendedores iniciantes. É comum confundir as contas pessoais com as contas da empresa.

Os empresários precisam entender que o caixa da empresa (dinheiro em espécie ou em contas bancárias) não é sua conta bancária e que os valores da empresa não estão ali para fazer retiradas (saques) sempre que precisar, como se fosse um caixa 24 horas com saldo infinito. Estabeleça um valor fixo de pró-labore para incluir no planejamento mensal do fluxo de caixa. Essa simples atitude vai evitar as retiradas constantes e um limite máximo de retida, não comprometendo assim a saúde financeira da empresa.

3 – Controle via planilha

Controlar financeiramente uma empresa, mesmo que pequena, por planilhas não é mais uma boa solução. Mesmo parecendo fácil, os processos em uma planilha são todos manuais. Você pode perder anotações, os dados podem ser alterados ou excluídos por acidente e tudo virar uma bagunça. Com o tempo, exige mais esforço, afeta sua produtividade e não garante o mesmo controle, principalmente diante de perda, acidente ou, até mesmo, roubo de dados.

O uso de um software é altamente recomendado hoje, devido a sua facilidade de acesso (ambiente virtual, em nuvem, acesso via celular e segurança de dados), além da facilidade de ser possível automatizar muitos processos, diminuindo a chance de erros e, especialmente, decisões erradas. É confiável, prático e lhe entrega tempo para que os seus objetivos sejam alcançados dentro do planejado. 

Veja mais informações no texto da série GESTÃO FINANCEIRA

Gostou dessa dica rápida? Quer ter acesso a mais informações e conteúdo para ajudar seu negócio ser rentável e crescer de forma correta? Acompanhe nossas #DicasGC, acesse nossas séries de conteúdo: Você + Gestor, Gestão de Pessoas, Gestão Financeira, 50 tons de Simples e muito mais informações postadas semanalmente em nosso #BlogGC. Siga nossas redes sociais @Gestao_Contábil, e confira vários conteúdos no formato #PodCastGC e em nosso canal no YouTube.

Não esqueça, temos muitos conteúdos também no formato #PODCASTGC. Acesse via link:

Essa é a GC Gestão Contábil, aqui o seu negócio tem valor!

Contatos:
Whatsapp: 85988910976
Site: https//:gestaocontabilonline.com.br
E-mail: [email protected]
Nossos canais de Contato: https://linktr.ee/gestaocontabil

Post a comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *